(...)

"Mas eu não quero ir ter com os loucos", observou Alice.
"Não tens alternativa". Retorquiu o Gato.
"Nós aqui somos todos loucos. Eu sou louco, tu és louca".
"Como é que sabes que eu sou louca?" perguntou Alice.
"Deves ser", disse o Gato, "ou não terias vindo até aqui".

20080701

sem titulo1 (medusa)

Pútridos e fétidos sentimentos
D'um arroxeado coração obsceno,
Dúbios são seus intentos
E fatal é seu veneno.

Com um simples olhar condena
Imortais almas a um lento definhar,
Absorve essências serena,
Tinge com sangue o sagrado luar.

Possam as aladas águas,
Que tardam em cair,
Limpar as despresiveis mágoas
Que ela faz sentir.



(Ilustração de: Tiago "MANEL" Santos)

1 comentário:

Jo disse...

Muito bom, mais uma vez *,)


E o Manel também está de parabéns, pela ilustração *,D